Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Uma coisa que eu aconselho à todos que assistem ao seriado The Walking Dead é: leiam a porra da HQ, por motivos de alguém vai jogar spoilers na tua cara mais cedo ou mais tarde e isso é completamente inevitável (além de a HQ ser excelente). Por aqui nós vamos tentar ao máximo evitar isso, avisando pra vocês no texto qual é o nível de spoiler e onde ele acontece.

SPOILERS!

Daqui pra baixo vocês vão encontrar informações sobre o episódio.

O maldito e inútil padre:

Não precisava um episódio inteiro envolvendo esse cara, mas vai ter mais, até porque a discussão religiosa dentro do universo de The Walking Dead é completamente valida, mas o personagem em si é isso aí que vocês estão vendo, pra pior, e é muito bom que ele não passe disso, que eles não inventem transformá-lo em algo que ele não deve ser transformado.

Apesar de ele ser um bostão, a história dele é absurdamente trágica e escrota, como eu já disse anteriormente, mas eu vou continuar mantendo meu bico fechado para não estragar a surpresa de ninguém. Mesmo porque o Rick deve colocar ele contra a parede em breve e forçar ele a contar a porcaria que ele fez, mas acho que por esse episódio, se vocês foram atentos (1), já deu pra imaginar o que houve.

A transformação de Rick:

Então, Rick envelhece, como todos na série, e não sei se vocês notaram, mas a barbicha dele não é mais “for real”, ela foi trocada por barba cenográfica e esta é um pouco mais grisalha, isso tudo faz parte do que vai ser construído daqui pra frente. A liderança dele toma cada vez mais forma e agora toparam seguir com Abraham para a grande salvação de Washington, com Eugene, o gênio,Rosita, que virará uma excelente personagem futuramente. E Eugene, bom, depois eu falo dele, bem depois.

Bob e a perseguição por Beth:

As cenas finais são as mais importantes do episódio, e como eu comentei na resenha do episódio anterior: VOCÊS DEVERIAM TER MATADO A GALERINHA QUE SOBROU, COMO O RICK QUERIA! E não que não haja uma reviravolta, que pra mim está muito mais do que clara e se vocês foram atentos (2) acabaram percebendo.

GÊNIO, Daryl! GÊNIO! A Carol tinha que ter puxado pela gola e dito: “Não adianta ir atrás deles só nós dois, bonitão”, onde isso vai dar? Vai dar em Negan, no mínimo, e com Negan não se brinca. Ou, quem sabe, sendo bem otimista, eles cheguem em Alexandria. Todavia, pela velocidade do carro, pelo naipe do carro, não sendo uma funerária do padre como eu imaginava, tudo indica que a treta é muito treta (e daí vocês esqueçam tudo que já viram em The Walking Dead até agora se a coisa começar a despirocar de imediato).

SPOILER!

Siga se você já leu a HQ além do ponto em que a série está, senão pare por aqui.

Recordar é morrer:

Quem se lembra do velhote rabugento chamado Dale? Faz falta? Nope, nem no seriado e nem na HQ, mas na HQ ele saiu muito depois do que no seriado e o papel interpretado por Bob nesse episódio era dele. Se vocês têm boa memória vão recordar que nessa altura ele já tinha perdido uma das pernas e havia sido mordido mais uma vez, mas ninguém reparou.

Após ser mordido mais uma vez, e para que Andrea (sua namorada na HQ) não notasse, ele sai para dar uma voltinha com a intenção de dar cabo da própria vida (já que ele ia virar zumbi), e no ínterim é capturado pelo grupo de canibais/caçadores. A galera corta sua outra perna para poder comer (ele fica sem as duas, pois), só que ele já estava infectado, e todos sabemos o que acontece quando alguém come carne estragada, especialmente nesse seriado, não é? E é exatamente isso que irá ocorrer aqui, e felizmente isso deve se desenrolar bastante rápido, mas algumas pessoas devem morrer no meio do caminho.

As confusões da série:

São produtos diferentes, são públicos diferentes, e eu aceito tudo isso, mas que porra foi essa que se desenrolou da quarta temporada até aqui para chegarmos num ponto zero?

  • Surgem os caçadores, todos com rifles, eles encontram o Deryl, mas no fim nenhum deles está caçando nada para comer, não são canibais.
  • Encontram o Santuário, mas Negan não está lá, quem está lá são os canibais, que não são caçadores armados ao estilo dos da HQ, mas são caçadores.
  • Fogem do Santuário, acham o padre, que se eu bem me lembro já havia sido achado antes, bem antes.
  • Agora encontram novamente os canibais que não eram caçadores como na HQ, mas que agora o são (???).
  • Bob perde a primeira perna que era a segunda perdida por Dale que não perdeu a perna no seriado e sim Hershel (???).
  • Os canibais comem a perna de Bob que era pra ser a de Hershel só que esse morreu na hora certa quando Dale não e aí fez-se a treta e tivemos que criar outro personagem pra consertar a cagada (!!!).

Eu realmente espero que se encontre um ponto zero após a eliminação dessa galera canibal aí, espero também que eles não matem personagem importante de forma descuidada, que amarrem melhor seus contratos para que Andreas da vida não saiam fora por causa de “mimimi se o fulano sair eu saio”. Até agora é o melhor começo de temporada dentre todas, tomara que se mantenha.

SPOILERS!

Já viu o episódio? Assista cenas do próximo!

CENAS DO PRÓXIMO EPISÓDIO:

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.

The Walking Dead: Strangers (s05e02)
Quantas bisnaguinhas Seven Boys vale esse episódio?
Prós:
  • Possibilidade de um ponto zero.
  • O tosco do Bob deve morrer (haha).
  • O Rick voltou a ser foda!
Contras:
  • Maldito padre.
  • Quanta burrice, nem parece que estão no meio do caos.
  • Padre inútil.
9.4Nota
Nota do Leitor: (0 Votes)
0.0