Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


O que temos na mão diariamente e o tempo todo senão celulares? Demoraram tempo demais para desconfiar que esse momento chegaria, principalmente a Sony que é especialista em fabricar aparelhos de alto desempenho, e que até tentou fazesupermariorunacoes00r um Xperia rodando jogos de PSP, mas não foi lá um grande sucesso. Sony, você é meio burra.

A Nintendo já havia anunciado no início do ano que viria forte no nicho, e temos aqui a especialista de vídeo-games portáteis, portanto, se tem uma empresa que não brinca em serviço nesse aspecto é a Big N. Foram os japas anunciarem mais uma empreitada, dessa vez com produção feita nas dependências da empresa e não em alguma terceirizada, como foi o caso de Pokémon GO, que saiu pela Niantic, que as ações deram um salto.

pokemon_go_capa

Os efeitos de Pokémon GO para Nintendo foram superficiais, mas relevantes para indicar que a tomada de decisão em investir no mercado mobile foi acertada. Super Mario Run, com lançamento marcado para dezembro desse ano para iPad e iPhone, será o primeiro jogo do encanador desde 2013, e pode vir a ser o game mais jogado do mundo na história (duvida?).

Infelizmente, a empresa dará prioridade aos celulares da Apple em um primeiro momento, o que pra mim é burrice, já que eu detesto essa coisa de exclusividade e acho um desrespeito com os fãs. Não, Nintendo, eu não vou comprar esse celular supervalorizado, vou esperar vocês liberarem pra jogar no meu Android. E sim, eu também tenho dinheiro pra pagar pelo joguinho. E sim, o OS é estável. Obrigado.

A olhos vistos, também, as empresas de tecnologia móvel se preparam para abraçar essa nova investida das desenvolvedoras de jogos, e é bom que quem está pensando só em vender console, tipo a Sony, repense suas estratégias, regras e restrições cada vez mais tacanhas em um mercado que avança e exige que os jogos sejam multiplataforma (veja, até a Nintendo está fazendo isso). Os gamers querem interagir. Eles querem estar conectados. Eles querem facilidades. Eles querem qualidade e preços vantajosos. A Nintendo, mais uma vez, está a frente de seu tempo.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.