Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Então, vamos voltar a ativa? Tava na hora, né! Mas eis que não sei bem o que pensar sobre esse trailer oficial dos Power Rangers onde muita coisa é revelada, temos uniformes, temos bonecos de massa que agora são de rocha (ao que parece), temos Zords, temos Rita Repulsa, temos Goldar, temos Zordon, temos Alpha, temos o Mega Zord… Mas temos um roteiro? Temos bons efeitos? Temos bom cenário?

No que diz respeito aos pequenos elementos do filme eu vejo com bons olhos o que foi feito e mostrado no trailer, havia achado estranho o Alpha na imagem conceito que foi mostrada, mas a aplicabilidade dele em CGI ficou sensacional. O painel de pinos que é Zordon também foi algo interessante, muito embora imagens vazadas indiquem que isso irá, possivelmente, mudar no decorrer do filme e ele voltará a ficar entubado. Ainda não gosto dos uniformes que parecem ser muito maiores do que as pessoas dentro deles, definitivamente (especialmente as armaduras que tem seios e saltos), mas não são de todo ruim. A Rita Repulsa está bacana em sua primeira aparição, mas isso é outra coisa que deve mudar no decorrer do filme e pode vir a ficar meio rock-gothic-bizarre-not-cool.

Agora vamos aos elementos faraônicos do filme e que sempre nos chamaram atenção: os Zords e os monstros crescidos de Rita; gostei do efeito de lentidão aplicado durante a movimentação em Terra enquanto há uma luta acontecendo contra Goldar (foi usado em Guerra Civil na cena do Homem Formiga), mas quem é esse tal de Goldar? Quem é essa porra toda dourada que você se lembra do nome, mas não está ligando a pessoa? Tome aqui dois brinquedinhos dessa mesma figura em sua versão atual e clássica:

Quero dizer que esse boneco dourado de plástico barato da esquerda em nada me agrada, mas talvez, só talvez, no filme fique legal (quero ver na versão em tamanho natural, conversando e tudo mais). Eu só acho que os efeitos de elementos gráficos maiores estão absolutamente deslocados do cenário, especialmente quando acumulados em uma só parte dele. Outra coisa que achei uma pena é a perda de características dos Zords, não tanto os específicos de cada Power Ranger, mas sim do Mega Zord, que parece ser só mais um Decepticon lutando com um Transformer qualquer (a verdade é que Goldar também parece um Decepticon ou entidade mágica de algum filme de saga tipo Senhor dos Anéis).

O Senhor Haim Saban dizia em todos os cantos que iria inovar em sua nova incursão aos cinemas com Power Rangers, mas temos uma chuva de chupação com armaduras de Homem de Ferro+Robocop+capacetes baratos de moto, uma Era Venenosa, Transformers e um filme com roteiro fraco que será, certamente, divertido (duvidas?), mas que poderia ser muito mais. Pra quem espera criar um universo cinematográfico em cima disso, eu espero que esse trailer seja muito pouco do que o filme irá apresentar:

Agora prestem atenção em como três adolescentes adquirem poderes no filme Poder Sem Limites, de 2012:

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.