Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


A pergunta é: essa história, nos dias atuais, ainda funcionária? A resposta é sim e não, mas o reboot dela já foi feito, e de forma muito competente, se chama Sobrenatural, que irá ganhar seu terceiro capítulo esse ano. Poucas são as diferenças entre as duas histórias, uma delas é que ao invés de estar socada numa TV, a criança fica presa nos sonhos. Então eu incluo mais uma pergunta: pra que?

O terror clássico roteirizado por Steven Spielberg, e, na época, proibido para menores de dezoito anos, sem modificações radicais (como as realizadas em Sobrenatural), não ficará bom e para muitos lembrará o mais recente sucesso de terror que citei anteriormente. Eu, por exemplo, apesar de entender a importância do clássico, mais ri do que qualquer outra coisa quando assisti o filme, recentemente, pela primeira vez, especialmente por causa da atuação pífia e caricata dos atores (algo comum na época de lançamento). Não é um Exorcista, que até hoje faz a galera borrar as calças, ou um O Iluminado, que deixa todo mundo grudado na cadeira do início ao fim. Poltergeist cru, como é, funciona bem na década de 80. E por que o reboot senão para ganhar dinheiro em mais um exemplo de falta de criatividade e desprezo aos fãs?

Apesar disso, a equipe do filme conta com gente competentíssima envolvida, como é o caso de Sam Raimi, que está na produção do filme, e é responsável por diversos filmes de terror durante sua longa carreira como cineasta; David Lindsay-Abaire que roteiriza o mesmo e, apesar de não ter filmes de terror no currículo, tem ótimos trabalhos na função; e o inquestionável ator Sam Rockwell, que vem como protagonista do filme. O lançamento do filme está previsto para 24 de julho de 2015. Confira a galeria de imagens abaixo (clique nas fotos para ampliar), e o teaser logo depois:

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.