Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Se tem uma coisa que me enerva nessa vida é empresa burra e despreparada, se tem uma coisa que me enerva mais ainda é empresa espertinha. A Claro Brasil é uma dessas empresas, que no meio da enorme popularidade de um jogo que quase não usa os dados de celular, na minha opinião, tentou se aproveitar para vender seus pacotes top de linha (eu mesmo recebi umas quantas “coincidentes” ligações). E basta olhar na lista de consumo de dados pra ver que o aplicativo não é nem de longe o vilão de consumo, que continua sendo o Facebook. Mas e o buzz? E as vendas?

Coincidentemente, também, é o fato de que os clientes que já tem os planos top não estão enfrentando problema (ué! Que “estranho”), e a empresa se nega a prestar esclarecimentos, dizendo que não sabe o motivo da pane. O motivo é Claro e está estampado nos comentários de todas as matérias que rodaram a internet, mas o tiro saiu pela culatra, primeiro porque a atitude deve gerar multa por aparentemente ferir o Marco Civil da Internet (embora a Anatel, hoje em dia, e um peso de papel, sejam a mesma coisa), segundo porque o que ocorreu foi insatisfação e não vontade de dar upgrade no plano, as pessoas não são mais otárias, elas investigam, leem e pesquisam sobre o assunto, e boa parte está TROCANDO DE OPERADORA.

Mas e eu? Eu tenho a porcaria de uma fidelidade, pratica que é ilegal também, mas eu não vou lá bater boca porque meu tempo vale bastante pra mim, e a Claro em geral não me incomoda tanto assim, então eu não vou migrar, mesmo porque eu já me ferrei bastante em Vivo e Oi, tô passando longe. Dos males o menor. E eu acho, que mais cedo ou mais tarde cai aquela meteórica ficha. O que fazer enquanto isso não acontece?

Eu já indiquei esse aplicativo aqui antes, pois existe uma versão dele pra navegador que desbloqueia o conteúdo da Netflix de todos os países (aham, e a Netflix não pega ¯\_(ツ)_/¯), e como eu sou uma pessoa que apoia a pirataria como forma de protesto e acesso a informação, estou eu aqui de novo com o Hola VPN. O sistema é construído de forma comunitária com a participação de toda a internet, é basicamente uma nuvem VPN em P2P de ofuscamento de IP para que você fique invisível na internet, isso serve tanto para que países em guerra ou ditaduras acessem conteúdo inacessível e tenham informação censurada, ou pra você não ter sua navegação controlada por empresas que não querem te entregar tudo que podem te oferecer pelo preço que você paga utilizando sistemas como o Traffic Shaping (traduzido ao pé da letra como modelagem de trafego). Empresas como Claro e NET, por exemplo, ou o YouTube (“Esse conteúdo não está disponível no seu país!”).

Mas vamos ao que interessa: eu já linkei acima o endereço do Hola na Google Play, mas você pode buscá-lo pelo nome por lá, dá na mesma, é gratuito e serve também como navegador privativo.

  1. Depois de instalado você vai abrir o Hola (imagem 1 e 2);
  2. Procurar na área de aplicativos dele pelo Pokémon GO (imagem 3);
  3. Clique em cima dele e você será direcionado para uma outra tela com o ícone do Pokémon GO, um botão escrito “ABERTO”, uma linha onde diz “Navegando de”, e outra pra compartilhamento (pra mandá pus amigu, muito embora eu espere que você compartilhe meu post lindo) (imagem 4);
  4. Eu sempre deixo navegando pelos Estados Unidos, até por causa da velocidade de conexão e, mesmo porque há um backbone direto com o país, então é ligeiro, querendo mudar é opcional: CLIQUE EM ABERTO.
  5. Aparecerá uma tela de solicitação de configuração conexão VPN e você deve clicar em OK (imagem 5);
  6. Após isso o jogo iniciará automaticamente e uma chavezinha aparecerá no alto do seu aparelho celular indicando a conexão ofuscada, bem como o logotipo do aplicativo Hola (imagem 6).
  7. Verifique se o Hola não “bandeirou” mais nenhuma aplicativo automaticamente por vontade própria, não é pra acontecer, mas aconteceu comigo com um aplicativo nada a ver (área de aplicativos da imagem 3).
  8. Para voltar a navegar pela conexão sem ofuscamento da VPN basta acessar a lista de aplicativos do Hola, clicar no ícone do Pokémon GO, ir na já citada área “Navegando de” e clicar em “Voltar ao Brasil” (imagem 7).

ATENÇÃO 1: em caso de travamento durante o loading do jogo você pode fechar o Pokémon GO e o Hola e abrir o jogo pelo Hola novamente, ou ativar o Hola somente após o jogo já estar aberto, também funciona. E se você notar qualquer possibilidade de lentidão, tipo “Porra, faz muito tempo que não brota Pokémon aqui”, basta um reinicio simples (como o do loading) para voltar ao normal, não precisa ficar desconectando, reconectando, desativando GPS, passando pra 3G, voltando pra 4G…

ATENÇÃO 2: o procedimento não implica jogar em mapas estadunidenses (ou qualquer outro país), vocês vão continuar nas respectivas cidades.

Clique nas imagens para abrir a galeria:

Notas: o Hola não implica fake GPS, portanto não há risco de perda de conta da Niantic; o consumo de dados não aumenta significativamente, não se preocupem; não houve lentidão comigo, na realidade o jogo ficou até mais estável e as poucas tropeçadas do GPS já ocorriam antes; instabilidades de perda de contato com GPS na transição de Wi-Fi para 4G pararam; entradas e saídas de elevadores que pra mim faziam tudo sumir também não ocasionam mais problemas; as pokéstops nunca funcionaram tão bem; ou seja: soluciona a porra toda.

E muito embora a empresa tenha prometido que o serviço, que eles não sabem porque está ferrado, normaliza hoje às 18h (como normalizar algo que não se sabe porque está anormal? Hein? Hein?), acredito que eu vá continuar usando o VPN depois.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.