Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Não vejo ninguém reclamando da baderna que o estado causa todos os dias; não vejo ninguém reclamando da baderna que os bancos causam todos os dias ao sonegarem impostos; não vejo ninguém reclamando da baderna da PM que mata e espanca na surdina; não vejo ninguém reclamando da baderna causada por uma mídia mentirosa; não vejo ninguém reclamando da baderna que empresas que tem empregados em condição de quase escravidão fazem todo dia; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de saneamento básico em diversas partes do país; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de água potável para parte da população; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de escolas; não vejo ninguém reclamando da baderna da condição das escolas; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de hospitais; não vejo ninguém reclamando da baderna que vivem os professores do país; não vejo ninguém reclamando da baderna que acontece com os funcionários do transporte público; não vejo ninguém reclamando da baderna da violência de gênero; não vejo ninguém reclamando da baderna que é não ter casa e ter que morar na rua; não vejo ninguém reclamando da baderna que é viver em desigualdade; não vejo ninguém reclamando da baderna que é não ter oportunidade; não vejo ninguém reclamando da baderna que é esperar por um atendimento médico nos grandes centros; não vejo ninguém reclamando da baderna que é a falta de instrução de quem vive nos morros; não vejo ninguém reclamando da baderna dos horários desorganizados do transporte; não vejo ninguém reclamando da baderna da condição do transporte; não vejo ninguém reclamando da baderna dos problemas carcerários; não vejo ninguém reclamando da baderna da poluição; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de mobilidade; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de condições para pessoas com dificuldades (motora/visual/auditiva…); não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de segurança dia-a-dia; não vejo ninguém reclamando da baderna de não poder mais sair de casa a noite para dar uma volta caminhando; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de iluminação; não vejo ninguém reclamando da baderna da corrupção; não vejo ninguém reclamando da baderna das mortes no trânsito; não vejo ninguém reclamando da baderna das mortes causadas pelo álcool; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela falta de fiscalização nos mais diversos setores; não vejo ninguém reclamando da baderna das obras mal feitas; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelos alagamentos constantes; não vejo ninguém reclamando da baderna dos apagões; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de água; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelo acumulo de riqueza em poucas mãos; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelo preço da cesta básica; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelo preço do combustível; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela bolha imobiliária; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelas coligações; não vejo ninguém reclamando da baderna causada por partidos ladrões que estão para ser julgados desde a década de 90; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela compra de votos; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela bancada evangélica; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelo machismo; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela inexistência de um estado laico; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelo racismo; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela segregação racial; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela alta arrecadação de impostos que não viram benefícios; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela seca no nordeste que não tem investimento para ser resolvida; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelos serviços de baixa qualidade e alto custo no país; não vejo ninguém reclamando da baderna da falta de direitos do consumidor; não vejo ninguém reclamando da baderna causada por uma polícia com treinamento de guerra; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela miséria; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pela máfia dos transportes; não vejo ninguém reclamando da baderna causada pelas mortes nas construções dos estádios…

MAS SE QUEBRAR UMA VIDRAÇA… MEO DEOS! UM VIDRO! QUEBRARAM UMA VITRINE, QUEIMARAM UM ÔNIBUS, AI MEO DEOS! BANDO DE MARGINAIS! QUE BADERNA! O QUE VÃO PENSAR DE NÓS LÁ FORA! O QUE VÃO PENSAR DE MIM QUANDO EU FOR FAZER MINHAS COMPRAS EM MIAMI!

Que quebrem tudo, como o estado e a elite fazem conosco todo dia, e que essa porra de seleção perca essa merda de copa desorganizada para que o movimento não perca a força. Se as prefeituras, os governos dos estados e o governo federal, tivessem nos dado A COPA DAS COPAS, nada disso estaria acontecendo. Chega de ver imposto escorrendo pelo ralo. O prejuízo das manifestações não se compara ao prejuízo diário que vem de décadas. E me apontem uma mudança que veio através de uma caminhada pela paz cheia de pessoas vestidas de branco (coisa que a elite adora fazer). ME APONTEM UMA.

Abram os malditos olhos enquanto é tempo.

 

Foto: Paulo Nunes

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.