Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Os poucos boatos que vão surgindo sobre The Last of Us… Errr, desculpa, Logan, indicam que o filme tem tudo para ser um fantástico road movie heroico, e algumas pessoas mais afoitas indicam que a produção possa inclusive ser forte candidata a entrar para lista do Oscar (pessoas que já assistiram ao filme, no caso/elas existem). Bem, depois do grande feito de Deadpool no Globo de Ouro, colocando o filme na lista de melhores filmes do ano e o ator Ryan Reynolds na lista de melhores atores, eu não duvido de nada. Um feito que, inclusive, cala a boca de um arrogante e pomposo senhor de sobrenome Iñarritu, que disse certa feita que filmes de super-heróis eram um “genocídio cultural”, mas cultura de quem e pra quem, né?

Voltando a Logan: o filme é simples, como todos os filmes do Wolverine deveriam ser, pois a complexidade de sua história está no personagem e não em mil tumultos e explosões. Logan é um cara que carrega uma carga emocional e histórica muito grande, seus roteiros só precisavam ser filmados, as histórias estavam prontas, são histórias de traumas, de drama, de guerra, de conflitos internos, mas parece que só agora (depois de uma bem sucedida aposta em Deadpool para um público adulto por causa da teimosia de Ryan Reynolds) é que a Fox caiu na real.

Wolverine nunca foi e nem nunca será colorido e risadinhas, muito menos o cara testosterônico sem falhas que vai salvar o planeta, ele é quebrado, é depressivo, ele é o equivalente ao Batman em peso. Não dá pra exigir que histórias que envolvam esses personagens sejam filmes dos Vingadores, ou dos X-Men. Não dava pra exigir isso nem mesmo em Batman v Superman. São figuras traumatizadas. Seus roteiros devem ser construídos de forma diferente de qualquer outro herói.

E depois de tanto errar, de tantas influências ruins de Bryan Singer e do próprio Hugh Jackman nos roteiros, ao que parece, essa história virá. Eu me nego a assistir os outros Wolverine, sinceramente, porque ali há muito pouco do que é o personagem que eu conheço, mas os trailers de Logan têm me atraído. E muito apesar das similaridades de figurino/maquiagem/penteado com o game The Last of Us, a história de X-23 não tem como fugir de um road movie da forma que quer ser contada. E acho que escolheram um ótimo caminho.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.