Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Não é a primeira e nem será a última. Já mostramos por aqui a Hendo, que desmantelou a internet com a iniciativa de entregar em 2015, ano em que os personagens centrais de De Volta Para o Futuro vão para o futuro, uma prancha que flutuasse como a do filme. Até mesmo Tony Hawk, que já tinha participado de uma ação fake envolvendo o sonho de muitos, experimentou a criação independente do casal Jill e Greg Henderson. Naquele ponto, em que publicamos o texto, a prancha que precisa de uma superfície especial para funcionar tinha um único problema além dessa necessidade: não fazer curvas, e apesar deles permitirem que qualquer um compre a baixo custo um quite montável de desenvolvedor para que outras pessoas auxiliem na evolução da prancha, eu não creio que esse detalhe tenha sido resolvido até hoje. Eles até conseguiram fazê-la controlável em pequena escala de forma remota, através de um controle, mas não na escala real.

O que o casal Henderson conseguiu realizar sozinho e/ou com investimento de milhares de patrocinadores via Kickstarter, é algo incrível, imagine então se eles tivessem ao alcance de suas mãos tecnologia, profissionais e dinheiro quase que infinito para produção do equipamento? É o caso da Lexus, que garante ter um protótipo de prancha pronto. Apesar de mais bonito e menor, ele não parece ser diferente em nada do que os Henderson já nos mostraram, a não ser pelo fato da refrigeração do sistema magnético ser feita através de nitrogênio líquido, algo que deve ajudar a evitar o barulho insuportável que a Hendo faz (o que também deve encarecer bastante o produto). Como vai ser feita a reposição do nitrogênio é outra questão importante, já que ele não é encontrado em qualquer esquina. Além disso, a prancha da Lexus também precisa de uma superfície especial para funcionar e nada indica, por ora, que eles tem um sistema que auxilie a fazer curvas.

A verdade é que é, de fato, impossível concretizar o que foi feito no filme, já que ninguém em sã consciência vai querer adotar um piso X como padrão no mundo todo para que carros, motos, skates, e outros meios de transporte possam flutuar. Lembrando ainda que no filme alguns deles são capazes de andar sobre a água. Todavia, se conseguirem adequar os equipamentos para fazer curvas e se tornarem mais estáveis por causa da inexistência de atrito basicamente impossível de ser administrada, vai ser interessantíssimo assistir a competições esportivas com gente empenhada em ir além do que já se faz nos skates comuns. Confira abaixo o teaser trailer de apresentação do suposto hoverboard da Lexus, que é a quarta criação do projeto “Amazing in Motion” de incentivo da empresa a inovações tecnológicas desenvolvidas por novos talentos. Os testes da prancha devem acontecer nas próximas semanas na cidade de Barcelona.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.