Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Kap Bambino é um daqueles sons que tu te pergunta de imediato: “Como raios eu não conheci isso antes?”.

Electro-clash, caralho, como curto. Mas é aquela coisa né, difícil achar banda que preste no gênero, ainda mais agora que elas estão todas sumindo, se convertendo para contemporaneidades musicais. Mas pô, Kap Bambino é muito foda, ouvido por muita gente e tem alguns álbuns. Last.fm falhou em não me indicar antes, falhou feio, falhou rude.

Mas eu perdoo o Last.fm, pois a maior parte das coisas que conheço devo a ele. Bendito seja.

Voltando a banda. Toda vez que busco pelo nome dela, vejo o vocal de Caroline sendo definido como “selvagem” e, olha, não encontrei nada melhor para classificar. É porradaria musical. Orion fecha com ela como se fossem uma daquelas duplas de lutas fabricadas, tipo WWE, NWO… Sincronia e harmonia. Com a diferença que os dois são bons e aquelas lutas são muito idiotas, hahahaha.

É som para se ouvir a qualquer hora. Vai por mim, mete o fone no ouvido e o som no talo, esquece o trânsito. Anda logo e ouve isso ae!

 

 

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.

Kap Bambino
Tá valendo uns quantos paninis quatro queijos, bem servidos; com queijo derretendo pelos lados:
10Nota
Nota do Leitor: (0 Votes)
0.0

Sobre o Atendente

Editor chefe, administrador, fotógrafo, criativo, mediador do #FFCBoteco, cozinheiro no #FFCNaCozinha e fundador
Google+

Militância pé na porta! "Às vezes está louco na problematização". Cru. Somente a verdade, nada mais que a verdade. Já foi ignorante e às vezes pensa que é inteligente. Viciado em: consumir informação, alguns jogos, música e sexo. Preza por água de boa qualidade (não me venha com Crystal), bem como cerveja (não me venha com Skol). Cozinha muito bem e não come animais. Mora no Cubo Mágico, QG de operações localizado em Porto Alegre, mas é mineiro e come pão de queijo enquanto ainda tiver. Torce para o Palmeiras: "Ninguém é perfeito". Idealizador, fundador, pica das galáxias e rei do universo. Obrigado, de nada.

Lanches Similares