Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


É interessante ver um povo levar seu passado sombrio no bom humor, é interessante também que esse povo, apesar de tirar onda com a própria mazela, não deixe de reconhecer as atrocidades do passado, pois embora algumas pessoas teimem em dizer o contrário, o holocausto existiu e foi tão horrível quanto os livros, manuscritos, filmes, fotos e vitimas contam. Mas, como eu disse, a história em questão usa de humor para existir e tenta partir para seu segundo capítulo.

Iron Sky é considerado um filme cult, e sua primeira parte surgiu exatamente como sua sequência agora surge, um teaser foi publicado na internet por seus produtores, algo feito totalmente de forma independente, mas tão palpável que logo se espalhou. O plot era “simples”: nazistas derrotados fugiam com seus discos voadores para o lado negro da Lua, e lá permaneciam até criar um exército invencível para poder voltar e dominar o mundo. Sentido? Tem bastante, pois os nazistas, além da megalomania de dominância amplamente conhecida, criaram e testaram discos voadores, e seus projetos fizeram parte da evolução tecnológica armamentista (e de outras áreas também).  Era viável? Não, tanto que os discos continuam não existindo.

O criativo vídeo gerou interesse de uma cambada de nerds, e consequentemente de pessoas com dinheiro para investir em um filme cheio de potencial, o financiamento foi feito e o filme saiu. A sequência parece ter acertado em seguir esse mesmo caminho, pois o vídeo que temos logo abaixo é tão interessante, ou mais, que o teaser do primeiro filme. A galhofa aumentou consideravelmente, e agora os nazis são aliens que vivem num universo subterrâneo paralelo povoado por dinossauros, quase um Era do Gelo 3, tá ligado? E o simples fato de ver esse nazi, bem assemelhado a Hitler, montado em um tiranossauro rex, me faz querer ver esse filme pra ontem (ah, vai ter um herói pra nos salvar também).

E se após assistir o vídeo abaixo você se interessar tanto quanto eu, é possível investir um dinheiro e ajudar o projeto a acontecer, pois o diretor e roteirista, Timo Vuorensola, está com o filme em sua segunda incursão no IndieGoGo, na primeira ele pediu $150.000 e conseguiu $182.557, a segunda ainda está aberta e pede por mais $500.000 e já conseguiu $95.284. Corre lá, é possível doar até mesmo $1. Não esqueça de conferir também o poster logo na sequência do vídeo 😉.

ironsky201

BÔNUS TRIP!

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.

  • Sam86

    O primeiro filme foi sensacional!

    A continuação pelo visto não ficará por menos. Pena que adiaram de novo o lançamento, agora para 2017. :/

    • Paulo Carvalho

      E eu ainda não vi, Sam. Não tava sabendo do adiamento =/.