Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Não sei porque raios eu divagava olhando para o monitor esses dias pensando sobre coisas aleatórias e me veio na cabeça o já clássico, se é que um dia não foi, Clube da Luta; mas não era exatamente sobre filmes que eu pensava, era sobre música e, principalmente, sobre como nomes estranhos, e completamente sem sentido, podem ficar muito legais em uma banda. Para mim a vertente que tem mais nomes estranhos e surreais é o rock instrumental e aí cito: God Is An Astronaut, Explosions In The Sky, If These Trees Could Talk, This Will Destroy You… E por aí vai.

Não sei porque, no meio de tudo isso, pensei: “Porra, ‘His Name Is Robert Paulson’ seria um nome fodástico de banda”; bom, se você não assistiu o filme, não deve estar sabendo do que estou falando e acabei te dando um pouco de spoiler, mas foda-se, quem mandou não assistir Clube da Luta, é meio que obrigatório. Enfim, fui procurar a clássica oração para ver se havia alguma banda usando ela como nome; e havia.

Os caras tocam um som que se assemelha a várias bandas que se direcionam ao death metal melódico, coisa que eu curto bastante, mais puxado para um circuito sueco da vertente, estilo Sonic Syndicate; embora a classificação correta deles seja Happy Hardcore, ou seja, de “death” eles não tem nada. Quem curte um bom vocal rasgado mesclado com um bom vocal melódico, além de boa instrumentação, vai gostar bastante da banda. Claro, os caras são independentes/de garagem, tem poucas músicas, tem poucos curtir e estamos aqui pra isso; tentar ajudar.

Foda é descobrir que já existe outra banda usando o mesmo nome, também estadunidense, de estilo parecido, mas com som de menor qualidade; minha modesta opinião.

Contatos: Facebook e Reverbnation.

 

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.

Sobre o Atendente

Editor chefe, administrador, fotógrafo, criativo, mediador do #FFCBoteco, cozinheiro no #FFCNaCozinha e fundador
Google+

Militância pé na porta! “Às vezes está louco na problematização”. Cru. Somente a verdade, nada mais que a verdade. Já foi ignorante e às vezes pensa que é inteligente. Viciado em: consumir informação, alguns jogos, música e sexo. Se formou DJ e Produtor Musical pela AIMEC, não era o que a família queria. Preza por água de boa qualidade (não me venha com Crystal), bem como cerveja (não me venha com Skol). Cozinha muito bem e não come animais. Mora no Cubo Mágico, QG de operações localizado em Porto Alegre, mas é mineiro e come pão de queijo enquanto ainda tiver. Torce para o Palmeiras: “Ninguém é perfeito”. Idealizador, fundador, pica das galáxias e rei do universo. Obrigado, de nada.

Lanches Similares