Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


A história de Elizabeth Eckford e Hazel Bryan pode servir como um forma de reflexão para os preconceitos que vemos nos dias atuais. O início da relação entre estas duas mulheres ficou imortalizada na foto de Henri Cartier-Bresson em 4 de setembro 1957, quando os EUA definiu a integração de negros à escolas comuns.

Após quatro décadas, Hazel, a branca da foto, procurou Elizabeth para pedir desculpas pelo seu monstruoso ato de racismo. Apesar da aceitação de Elizabeth, o rancor ainda era muito grande, talvez grande ao ponto de ser impossível qualquer tipo de julgamento.

Após alguns anos, outras tentativas de reconciliação foram feitas, mas nenhum sucesso. Elizabeth justifica sua negação acusando Hazel de participar de grupos que agrediam negros e com isso usando de uma amnésia oportuna.

Em 2011 foi lançado o livro “Elizabeth and Hazel Two Women of Little Rock” de David Margolick, que conta a vida dessas duas mulheres e como as marcas e segregações raciais ainda estão estão presentes nos dias atuais.

Acredito que nossos atos devem ser pensados e repensados, pois muitas vezes nem o tempo é capaz de superá-los, principalmente os ruins.

 

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.

Sobre o Atendente

Fotógrafo e pau pra toda obra
Google+

Programador, não desse site, mas de outros, opinador nem sempre levado a sério, mas seguido ouço: "Pior que o Tiago disse que iria acontecer". Percorro o mundo atrás de informações (usando o Firefox), sou quase o 50 por 1 da internet, nem sempre acho algo que preste, mas o que acho acabo publicando aqui.

Lanches Similares