Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Desde que descobri a banda Kadebostany, ouço quase que sem parar o álbum Pop Collection, que tem no vocal Amina Cadelli. Dona de uma das mais belas vozes que já deixei entrar nos meus ouvidos, Cadelli acabou deixando a banda por um conflito de ideias com seu fundador, aka Kadebostan, e não me pareceu, pelas poucas notícias e entrevistas, uma separação amistosa.

Cadelli não era apenas uma voz dentro da banda, na minha opinião, além de também ser compositora de algumas das músicas, ela era a essência de tudo aquilo ali. Sua forma de cantar cabia muito bem no cenário construído por Kadebostan, com contornos políticos/ditatoriais Kadebostany era tratada como uma “república”, um país fictício sobre o qual eram fundamentados o som e o visual de tudo. Cadelli era, com uma voz imponente e pegada rapper, uma figura de comando dentro desse território.

Kadebostany já tinha experimentado outra vocalista, e agora de novo, mas nenhuma delas se encaixa tão bem àquela proposta quanto Cadelli. Uma pena. Todavia, assim que saiu, Amina Cadelli anunciou quase de imediato que um projeto solo estava por vir, algo com que ela se identificava mais, o nome: Flèche Love.

Desde o comunicado venho aguardando ansiosamente a divulgação das músicas com aquela voz tão marcante, e esse momento chegou! Flèche Love não só lançou seu primeiro single, como também um belíssimo clipe que você confere abaixo:

E não é a primeira música do projeto Flèche Love: Cadelli já havia divulgado Clouds, que tem uma letra bastante forte:

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.

  • Orlando Ronaldy

    Eu procurei tanto por novas produções da Amina, agradeço muito. Eu vi um TED dela recentemente e fiquei bem triste com o que ela tem passado desde que saiu da banda.

    • Paulo Carvalho

      Enquanto fazia a postagem vi o vídeo do TED sendo indicado, mas acabei não assistindo, vou conferir depois.

  • Eu estou aguardando ansiosamente o lançamento do Fleche Love, o Kadesbostany acabou no momento em que ela saiu, e depois de saber os motivos nem dá vontade de tentar acompanhar a banda com a nova vocalista.

    Espero que ela venha um dia fazer um show no BR com a nova banda.