Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Francine Lima é Paulista, graduada em jornalismo pela USP em 1997, quando apresentou seu trabalho de conclusão de curso chamado “Comendo de Mentirinha”, inspirado nos hábitos alimentares desleixados dos estudantes com quem convivia, achou o tema tão importante que seguiu trabalhando com ele, de forma cada vez mais intensa.

Seu jornalismo de saúde investigativo, científico e crítico, evitando a tão praticada “babação de ovo” em cima de dicas fáceis (e muitas vezes mentirosas) e novidades (muitas vezes perigosas ou inócuas) que o mercado adora lançar. Depois de algum tempo trabalhando para a “grande mídia”, descobriu que trabalhar de forma independente era o único caminho para dizer o que precisava ser dito.

Inspirada no trabalho de jornalistas americanos como Michael Pollan, Eric Schlosser, Michael Moss, Mark Bittman, além da nutricionista blogueira Marion Nestle, autores de livros, artigos e filmes indispensáveis para entender a relação da produção industrial de alimentos com as mudanças nos nossos hábitos alimentares.

Acompanhamento: Vendendo “Mônicas”

Prato do dia: beringela.me: o site para quem é de Porto Alegre e não come carne …

Ela criou o canal Do campo à mesa no YouTube e uma página no Facebook e ainda faz frilas para revistas, quando dá tempo. Ela trabalha sozinha e faz parte dessa população cada vez mais numerosa de jornalistas que buscam meios alternativos de se manter na profissão. E ainda está na reta final do mestrado em Nutrição em Saúde Pública na USP, com uma análise no discurso da rotulagem de alimentos.

Inclusive ela tem uma playlist com comerciais nada honestos que veiculam ou veicularam pela mídia tentando passar uma ideia errada dos alimentos. Entre outros vídeos.

Encontre-a: Site, Facebook, Youtube e Twitter

Quantos morangos tem um iogurte sabor morango?
Refrigerantes vilões (Soft drinks, the vill
Refrigerantes mocinhos? (bebidas gaseificadas mais
Sucos gaseificados caseiros (Canal Do campo &agrav
Alimentos "light": light na compara&cc
Perguntas inconvenientes ao McDonald's
Achocolatado light entupido de açúca
Laranja ultraprocessada (industrializados que imit
Nuggets e o mito da comida rápida
Panettone brasileiro (dicas para um Natal mais sau
De onde vem o leite?
Cereal matinal caseiro (aprenda a fazer um cereal
Meio suco de laranja (a diferença entre suc
Barrinhas de açúcar (barras de cerea
Requeijão original um tanto mudado (a verda
Vale tudo pra chamar de integral (pão integ
Amargo é melhor que doce (chocolates com a&
Ilusões derretidas (a verdade sobre os sorv
Sol, calor e água de coco... de caixinha?
Comida de criança ou publicidade abusiva?

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.