Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Seguindo corretamente o caminho contrário da DC, a Marvel assinou o contrato de seu Demolidor da série também para filmes, foi o próprio homem sem medo quem disse. Em entrevista ao close-upfilm.com, Cox comenta que no contrato existe a possibilidade de a empresa requisitar sua participação no universo cinematográfico caso seja necessário, e provavelmente será. Na verdade, estarei torcendo para que isso ocorra, pois o ator é excelente e merece o papel, além disso, muitas vezes já escrevi por aqui que detesto essa ideia da DC/Warner de ter mil atores contratados interpretando o mesmo papel, sendo mais grave o caso do Flash, que tem um ótimo ator alocado na série e contratou outro pra viver o herói no universo das telonas. A série Gotham é mais uma que traz trocentos personagens que aparecerão no universo cinematográfico da DC, especialmente em Esquadrão Suicida, mas os atores também são outros. E essa história vem de muito tempo atrás, quem não se lembra do ator que fazia Smallville e foi preterido pelo Brandon Routh (que na época era péssimo ator, diga-se de passagem).

Sobremesa: Demolidor: o seriado, a Netflix e a inclusão

A DC desvaloriza, assim, seu grupo de funcionários, reduz suas séries a subprodutos, mesmo que não sejam ruins, causa rixa entre esses grupos e perde uma grande oportunidade de entregar aos fãs um mundo muito mais amarrado, sem furos. Existem personagens que não têm porque ter um filme solo (oi, Gavião Arqueiro), mas podem muito bem ter uma série que interaja com o cinema, outros, como no caso do Demolidor, podem ter série, filme solo e filme conjunto, e os atores podem e devem circular nesses universos, até mesmo através de pontas. A DC precisa aprender a fechar contratos como a Marvel está fazendo, com atores que queiram participar de algo grandioso, sem limitações, até para que os rostos se fixem em nossa memória e não esqueçamos nunca da marca.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.