Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


O ano de 2015 é de comemorações para uma das produções mais cultuadas do cinema, a trilogia De Volta Para o Futuro, pois foi nesse ano em que estamos, mais especificamente no dia 21/10, que Marty McFly viajou no tempo e vislumbrou aquilo que ocorreria com ele e sua família décadas a frente do ano em que estavam. O futuro nada agradável de McFly e sua família trazia diversas apostas fictícias de modernidades que supostamente teríamos nessa altura do campeonato, como os carros e pranchas voadoras, e, o que pra mim parece muito interessante, o hidratador de comida, onde você coloca um mini prato e este vira um prato em tamanho normal:

Como você pôde observar no vídeo acima, De Volta Para o Futuro era um dos filmes mais comerciais daquela época, e continua sendo até hoje um dos mais comerciais da história do cinema. Também pudera, que marca não gostaria de ter seu nome registrado no futurístico filme  produzido pelo trio Steven Spielberg, Kathleen Kennedy e Frank Marshall?

Uma dessas marcas, que esteve em todos os filmes, é a Pepsi. Seja no passado, presente ou futuro, a marca estava lá. Tá, acho que não aparecia no velho oeste em nenhum canto, mas faz tempo que vi pela última vez, todavia a verdade é que a marca de refrigerantes foi a mais presente marca na trilogia, e, basicamente, deve ter bancado a realização dela. Como não poderia ser diferente, ela participa do ano de comemorações lançando a Pepsi Perfect de De Volta Para o Futuro II, que nos Estados Unidos custará o valor de U$20,15 (por causa do ano, claro). Se ela chega em terras tupiniquins ninguém sabe, mas o comercial é fantástico:

Segundo informações de uma pessoa que comenta no vídeo acima, que podem ser verídicas ou não, a marca lançará apenas 6.500 unidades da garrafa, e enquanto se discute o preço pago por uma Pepsi o que dizem é: Perfect é uma edição para colecionadores, para fãs da série, não é uma garrafa para ser aberta. De qualquer forma, sempre que dizem que algo terá edição limitada eu fico cabreiro, já que quase nunca é se acabam vendendo numa velocidade além do esperado. Se chegar aqui por R$20,15 estaremos em vantagem, é esperar pra ver.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.