Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Acho difícil que isso ocorra, mas a multicampeã de artes marciais (mistas ou não) está atrás do papel em um dos vindouros filmes da casa das ideias, o da Capitã Marvel. Agendado para novembro de 2018, o filme não teve nada além de boatos divulgados, e, apesar de extremamente fortes, esses boatos podem sofrer as consequências da caçada de Rousey e sua absurda quantidade de fãs. E, todos sabemos, Rousey costuma ser rápida na resolução de seus problemas.

E não seria nenhum espanto ver a menina no papel, especialmente porque é do interesse dela, que recentemente atuou em Velozes e Furiosos 7, entrar no cinema assim como sua predecessora Gina Carano o fez. Definitivamente não conheço a história da Capitã Marvel e não tenho ciência se ela é complexa demais ou não, mesmo assim, a própria Carano, e outras tantas pessoas saídas de outras áreas, já deram mostras de que é sim possível apostar numa incerteza. Resta saber se a Marvel está disposta a fazer essa aposta no meio de um universo que vem sendo construído com algum cuidado, e especialmente agora, com o Homem-Aranha na jogada, tendendo a ficar ainda mais alinhavado.

Se apostar terá garantia de sucesso nas bilheterias do mundo todo, ou vai me dizer que você não teria curiosidade de ver uma das lutadoras mais fodas de todos os tempos como heroína nos cinemas? Ronda Rousey é, sozinha, um fenômeno mundial. Todavia a produtora precisará de paciência para auxiliar Rousey a ser convincente no papel, precisará cercá-la de profissionais que garantam que nem ela e nem a personagem queimarão sua imagem, e com o dinheiro que tem a Disney (dona da Marvel) isso é muito fácil de se concretizar. Conta a favor de Rousey o fato de ela saber lutar (e muito).

As principais concorrentes dela nessa luta estão no octogono em dupla, Angelina Jolie é a diretora preferida da empresa para guiar o filme, mas disse que só aceita o trabalho se a protagonista da película for a Imperatriz Furiosa, Charlize Theron. Acredito, considerando isso, que Rousey jamais encontraria desafiantes tão fortes em seu caminho, é esperar pra ver. Enquanto esperam o resultado de todo esse lobby que ela tem feito, alguns fãs artistas, incluindo o Bosslogic (que já passou por aqui), fizeram artes com a fodástica lutadora trajada com o uniforme da Capitã (e Rousey compartilhou no seu Instagram):

Artistas: @salman.artworks e @bosslogix (os dois trabalhos da direita).

Artistas: Hugo Dourado e @alexmurilloart.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.