Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Tem coisas que eu não deveria olhar na internet, mas ter site é isso aí: se foder na vida, tem que ler spoiler, tem que ver spoiler, tem que conferir aquilo que ainda não pode comprar, tem que ficar sabendo de notícias que te fazem perder a fé na humanidade, e por aí vai. No âmbito financeiro, um dos maiores problemas dos colecionadores falidos do Fast Food Cultural, vez ou outra surge aquela coisa que meio que te faria “vender o ponto” pra ter, e não é de hoje que os lançamentos de action figures da Square Enix têm estado nessa categoria (clique nas imagens para ampliar):

 

Batman é um dos personagens que mais gera possibilidades no mundo do colecionismo no que diz respeito a mashups, especialmente se adentramos no universo steampunk. E, pra completar a frustração, ao encontrar o morcego espartano da série Timeless (fotos acima), portando escudo e lança, tudo no valor de U$150, acabei dando de cara com uma versão velho oeste do Cruzado de Capa, também da série Timeless (clique nas imagens para ampliar):

 

São mais U$120 pra conta, que na cotação de momento do dólar comercial, que não é mais o utilizado nos cartões de crédito, sem impostos federais e estaduais, sairiam por: R$1.036,80 (os dois). E é lógico que sabemos que não será somente isso no fim das contas. Colecionismo no Brasil é sinônimo de falência ou de produtos de baixa qualidade, de qualquer forma não dá pra reclamar muito, já que temos outros bens, que não de consumo, para compensar. Mas bem que poderiam maneirar nos impostos de coisas que não são fabricadas de forma similar aqui, não é verdade? Politicas “protecionistas” à parte, você pode clicar nos valores para acessar e adquirir os produtos na Entertainment Earth, mas saiba que o Cowboy existe em sites brasileiros, como o Mercado Livre, por uma banana de dinheiro (mas talvez até valha a pena por estarem num preço antigo e terem a opção de parcelamento).

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.