Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Resolvi dar uma chance, ouvi falar bem, que era bacana, mas posso dizer para vocês que perdi UMA HORA E DEZ da minha vida. Ué, Paulo, mas o filme tem uma hora e vinte e quatro minutos, não? Pois é, só se aproveita os quatorze minutos finais do filme, que são bem bacanas para falar a verdade.

Mas UMA HORA E DEZ de embromation? Ninguém merece. Pior que tudo que acontece nessa UMA HORA E DEZ não faz muita diferença pra história e poderia ser resumido em meia hora. Roteiro fraco, porém os detalhes que ligam esse filme num circulo com o primeiro e o segundo, são bacanas (quatorze minutos finais).

Toda a função da bruxaria, dos escolhidos, do portal para locais impuros, os rituais… Ótimas ideias. Mas todas elas jogadas num ventilador e sem muita amarração. E é justamente essa falta de amarração que traz a necessidade de encher linguiça. Até sustos faltam (coisa que sobra nos três primeiros), embora em alguns momentos o filme traga certa agonia, ao invés deles.

Poderiam ter trabalhado melhor, mas de qualquer forma eu curto a franquia e o único que não vi ainda foi o quarto filme (e o Marcelo disse para não ver, pois é uma bosta).

Sobremesa: Atividade Paranormal: 1 ao 4.

Se você já viu esse filme dê a sua nota abaixo!

 

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.

Atividade Paranormal: Marcados pelo mal
Quantos queijos quentes vale esse filme?
3.7Nota
Nota do Leitor: (1 Voto)
3.0

Sobre o Atendente

Coordenador e gerador de conteúdo
Google+

Militância pé na porta! "Às vezes está louco na problematização". Cru. Somente a verdade, nada mais que a verdade. Já foi ignorante e às vezes pensa que é inteligente. Viciado em: consumir informação, alguns jogos, música e sexo. Se formou DJ e Produtor Musical pela AIMEC, não era o que a família queria. Preza por água de boa qualidade (não me venha com Crystal), bem como cerveja (não me venha com Skol). Cozinha muito bem e não come animais. Mora no Cubo Mágico, QG de operações localizado em Porto Alegre, mas é mineiro e come pão de queijo enquanto ainda tiver. Torce para o Palmeiras: "Ninguém é perfeito". Idealizador, fundador, pica das galáxias e rei do universo. Obrigado, de nada.

Lanches Similares