Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


As premieres estão começando a sair pelo mundo todo e um dos países que recebeu sessão antecipada foi os Estados Unidos, li algumas criticas vindas de lá sobre o filme e o que se sabe é: não é o que se viu na série. Ele parece aprofundar ainda mais o conteúdo social da história de Isayama, algo que muitas vezes é ignorado por quem assiste Ataque dos Titãs, e investe mais no terror do que na ação. Se isso é fato eu não sei, mas pelos trailers faz todo sentido até agora. E as notas dadas pelos críticos não são altas, mas estão acima do que eu esperava e dentro do padrão de avaliação ocidental “especializada” do conteúdo fantástico advindo do Japão (um dos meus top filmes ever, Casshern, tem nota média 6,5, por exemplo).

Avaliações estão dentro do esperado, Isayama trazendo algo diferente para os cinemas está dentro do esperado (pelo menos pra mim), mas o que eu não esperava, e que bato na tecla mais uma vez, são efeitos especiais tão ruins, basicamente os mesmos que vimos serem reproduzidos na propaganda da Nissan um bom tempo atrás. Não sei quanto Isayama ganhou com seus monstrinhos, mas não foi pouco, e acho que daria pra fazer coisa um pouco melhor do que foi feito (sem precisar abrir muito mais a mão). Afinal, são pessoas grandes, nuas e com rostos engraçados, quais as dificuldades? Infelizmente tudo parece ter sido finalizado e é isso que casa terá para oferecer (cheio de poeira e escuridão para maquiar os defeitos). Apesar disso, o trailer é muito bom (bem melhor que os outros), assista abaixo:

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.