Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Bradley Cooper é um dos atuais bons atores de Hollywood, um dos mais queridinhos também, sendo que “American Sniper” é considerado seu projeto favorito de muito tempo. O filme era pra ser dirigido por um senhor pouco conhecido de nome Steven Spielberg, mas acabou sendo assumido por um tão pouco conhecido quanto, Clint Eastwood. Eastwood tem um mojo fodido pra drama, mas Spielberg tem um mojo fodido pra drama e guerra, então na minha opinião ele teria uma vantagem.

Mas todos que conferiram “Menina de Ouro” sabem da competência que Eastwood tem para filmes tensos, e esse é um filme extremamente tenso. A profissão de “sniper” é uma das que exige mais foco no exército, é desgastante, é cansativa, é atrolhada de pressão, exige uma paciência descomunal e é, com certeza, uma das mais passíveis de erro. O filme é baseado na autobiografia “best-seller” homônima de Chris Kyle, um SEAL estadunidense que é conhecido por ser o mais letal atirador de elite da história dos Estados Unidos, com 160 mortes confirmadas dentro de 255 que ele diz ter efetuado (baseado em logs de combate).

Kyle serviu durante quatro incursões na guerra do Iraque e ganhou diversas medalhas por honra ao mérito e heroísmo, além de uma série de outras premiações (fora uma recompensa por sua cabeça em território iraquiano, onde ele era conhecido como “O diabo de Ramandi”).  É bem possível que seja incluído no filme fatos que vão além da biografia escrita por ele, já que Kyle morreu num estande de tiro, e o homem acusado de sua morte aguarda por julgamento. Confira o simples e tenso trailer clicando no botão da imagem de destaque. 

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.