Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Vivemos socados em cubículos que nos permitem ter um aproveitamento de tempo ímpar dentro do pouco que o tal de “sistema” nos permite, na correria acabamos recorrendo a recursos que quase nunca são os adequados, ingerindo cada vez mais porcarias rápidas que entopem nossos corpos de lixo e emporcalham o ambiente a nossa volta. E mesmo na correria para o supermercado, são poucas as nossas alternativas dentro de instituições em que prateleiras são disputadas a faca por repositores de diversas indústrias alimentícias de processados. Os orgânicos ficam ali, num cantinho, quase nunca em variedade.

Felizmente, iniciativas como a que compartilho hoje com vocês têm aumentado, aquela feira que acontecia no bairro lá no meio do inferno agora é itinerante, se multiplicou, ocorre todos os meses, foi parar do lado da sua casa, está na sua calçada… Agora pode ir pra dentro dela! O pessoal da Horteria gratuitamente seguindo três abordagens:

  • O contexto das diferentes formas de produção de alimentos e suas relações com o consumo consciente e com o estilo de vida;
  • Novas perspectivas do desenvolvimento urbano sustentável frente às mudanças climáticas;
  • Segurança alimentar de qualidade e o papel da agricultura urbana no futuro.

É importantíssimo que comecemos a nos informar sobre como produzir o que pudermos do que comemos, no espaço que temos e com os recursos que temos, especialmente quando, por exemplo, políticos como um senhor discriminador aqui do Rio Grande do Sul querem tirar o selo de transgênicos dos alimentos, ou quando vemos dados alarmantes sobre a quantidade de agrotóxicos utilizadas no que ingerimos. Quem quiser prestigiar a iniciativa é só seguir as informações abaixo:

Quando: 29/04/2016;

Horário: 19h e 30min até 20h e 30min;

Onde: Casa Rio Branco na Rua Ramiro Barcelos nº 1800.

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.