Esse prato não sairia do forno sem o financiamento de: Tiago Pariz Almeida!
Quer ver seu nome aqui? CLIQUE e saiba como.


Ué, tem cachorro quente pra quem não come carne? Ecziste comida além dos engodos da industria dos matadouros? Têm opções diversas? Mas não é sem graça? Mas não é só soja? Mas não é caro pra elite classe A ricaços? ONDE ESTÃO AS PROTEÍNAS?

Essas e muitas outras perguntas sem sentido, de quem acha que comer carne é essencial para sobrevivência do suposto topo de uma suposta cadeia alimentar, serão respondidas quinta-feira na cidade sede do Fast Food Cultural, Porto Alegre. A Caldeirão 13 estará no Pasito (ao lado do Bar Opinião) alegrando nossos estômagos sem ter nenhum sofrimento como consequência disso!

Veganismo, além de pregar o não consumo de nenhum ingrediente de origem animal, também prega o não desperdício (algo que deveria ser geral), então só confirme presença no evento se realmente for, já que é por lá que o pessoal terá uma base de quanto comprar de ingredientes para fazer as seguintes opções de cachorro quente:

  • Cachorro quente Ostara (R$13,00): pão integral com semente de girassol, gergelim negro e temperos mágicos com super molho de tomate e ervas aromáticas, iscas de cenoura, cogumelo shiitake e funghi, mandioqueijo, pasta de cenoura, pimentas e castanha do Pará, milho, ervilha, alface e batata palha.
  • Cachorro quente Hécate (R$13,00): pão integral com semente de girassol, gergelim negro e temperos mágicos com super molho de tomate e ervas, linguiça de glúten temperada no amor, pasta de grão de bico, mandioqueijo, milho, ervilha, alface e batata palha.

Mazó, a produção dos apetitosos lanches é por ordem de chegada e eles podem acabar antes do horário previsto (desperdício não eras, saca?), então se adiantem porque também vai ter bolo e brigadeiro:

  • Bolo de pote Kali (R$10,00): bolo de farinha integral, com aveia e linhaça dourada, cacau e açúcar mascavo recheado e com cobertura de brigadeiro de cacau, geleia de frutas vermelhas e nozes chilenas para finalizar.
  • Brigadeiro de colher Sumá (R$7,00): brigadeiro de cacau coberto de geleia de frutas vermelhas e castanha de caju.

Além da alimentação, a iniciativa Patas Dadas estará no local vendendo calendários e agendas 2016 com toda renda revertida para o projeto. E quem sabe você já não aproveita pra saber como adotar um bichinho?

Onde:  José do Patrocínio, 824, Cidade Baixa;

Quando: 17/12 iniciando às 19h até quando durarem os estoques;

Como chegar:

Achou nossa mensagem importante e quer que ela chegue em mais pessoas? Ajude o Fast Food Cultural a crescer, seja um financiador! Você pode contribuir com o projeto através do Patreon ou Apoia.se, acesse os links, confira nosso vídeo, nossos objetivos, leia outros textos nossos e faça parte da nossa família.